DOWNLOADS

*campos obrigatórios

Para iniciar o download de material exclusivo, preencha com seus dados:

CONTATO

*campos obrigatórios

Entre em contato conosco e supere suas expectativas:

CONTRATE

*campos obrigatórios

Formulário:

Verifique a disponibilidade de agenda para contar com a presença de
Carlos Hilsdorf em seu evento.
Torne seu evento único!

Preencha o formulário ao lado.

+55 16 3374.3839

Rua Sete de Setembro, 1353, Centro
CEP: 12560-180 São Carlos - SP

Blog

Arquivo mensais:julho 2011

Persistência: O cortador de pedras

Olá amigos! Confiram esta breve e linda mensagem sobre a persistência:

cortador de pedras

“Quando nada parece ajudar, eu vou e olho o cortador de pedras martelando sua rocha talvez cem vezes sem que nem uma só rachadura apareça. No entanto, na centésima primeira martelada, a pedra se abre em duas e eu sei que não foi aquela martelada a que conseguiu, mas todas as que vieram antes.” (Jacob Riis)

É bom ser do bem

É bom ser do bem

Existe uma antiga citação que propõe que o avanço do mal se deve ao fato que o mal é ousado e o bem é tímido!

As pessoas dedicadas à prática do bem costumam não divulgar muito suas ações. Primeiro porque não estão em busca de reconhecimento e afagos ao ego e à vaidade. Segundo porque entendem (ao menos alguns cristãos) que a passagem “…não saiba a tua mão esquerda o que faz a direita…” – seja uma espécie de restrição à divulgação do bem que compartilhamos com o próximo.

O alerta faz mais sentido se entendido como uma advertência aos cuidados necessários para o não envaidecimento com qualquer participação nossa com o que denominamos a prática do bem, já que esta emana e pertence a Deus, que nos possibilita compartilhá-lo.

Pessoas envolvidas com a prática do mal parecem ousadas porque em sua insanidade não têm limites e não enxergam obstáculos à realização de seus desejos. Tentam intimidar aquelas que não aprovam sua maneira de agir. Ora, intimidar é tornar tímido, inerte, ou seja, paralisar a ação em sentido contrário.

O líder Martin Luther King também disse uma vez: “O que mais preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética. O que mais preocupa não é o grito dos maus, é o silêncio dos bons.”

Desta maneira, se estamos envolvidos com boas ações e causas nobres, não devemos jamais nos intimidar em praticá-las e em cativar outras pessoas através do exemplo para que façam outras tantas ações possíveis na semeadura da paz e do bem!

O bem não é tímido por natureza, é reservado. O bem não visa a autopromoção. Talvez por isso não tivemos a oportunidade de tomar conhecimento de fantásticas realizações em toda parte, às vezes na nossa própria rua, do lado da nossa casa.

Que tal apresentarmos uns aos outros as iniciativas de fazer o bem que encontrarmos pelo caminho, atuando como semeadores que distribuem as sementes com que somos presenteados ao longo da nossa jornada de vida?

Toda jornada de mil passos começa com o primeiro passo, propõe o taoísmo. Aqui vai um primeiro passo: conheça a campanha denominada “É bom ser do bem!”

Descubra que pequenas mudanças em nossas atitudes diárias possuem um extraordinário efeito multiplicador na construção de um mundo melhor. Esta filosofia está profundamente relacionada com a que eu propus no livro Atitudes Vencedoras e é a base de todo o meu trabalho e filosofia de vida. Por isso, hoje eu quis compartilhar isso com você!

O site da campanha é www.ebomserdobem.com.br.

Na hora de semear o bem não sejamos tímidos, a verdadeira ousadia reside em construir um mundo melhor!

Espalhe essa idéia!

Carlos Hilsdorf

É bom ser do bem

Conheça os 12 princípios do consumo consciente

O Instituto Akatu, procurando orientar os consumidores, publicou uma cartilha contendo os 12 princípios do consumo consciente. Veja abaixo estas preciosas dicas e comece a praticá-las:

1. Planeje suas compras
Não seja impulsivo nas compras. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente e, com isso, compre menos e melhor.

2. Avalie os impactos de seu consumo
Leve em consideração o meio ambiente e a sociedade em suas escolhas de consumo.

3. Consuma apenas o necessário
Reflita sobre suas reais necessidades e procure viver com menos.

4. Reutilize produtos e embalagens
Não compre outra vez o que você pode consertar, transformar e reutilizar.

5. Separe seu lixo
Recicle e contribua para a economia de recursos naturais, a redução da degradação ambiental e a geração de empregos.

6. Use crédito conscientemente
Pense bem se o que você vai comprar a crédito não pode esperar e esteja certo de que poderá pagar as prestações.

7. Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas
Em suas escolhas de consumo, não olhe apenas preço e qualidade do produto. Valorize as empresas em função de sua responsabilidade para com os funcionários, a sociedade e o meio ambiente.

8. Não compre produtos piratas ou contrabandeados
Compre sempre do comércio legalizado e, dessa forma, contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência.

9. Contribua para a melhoria de produtos e serviços
Adote uma postura ativa. Envie às empresas sugestões e críticas construtivas sobre seus produtos e serviços.

10. Divulgue o consumo consciente
Seja um militante da causa: sensibilize outros consumidores e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente. Monte grupos para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas.

11.   Cobre dos políticos
Exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática de consumo consciente.

12.  Reflita sobre seus valores
Avalie constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo.

Fonte: Instituto Akatu

7 Dicas para reduzir o stress

Algumas dicas simples podem ajudar você a reduzir o nível de estresse nesse mundo tão agitado em que vivemos.

stress - 7 dicas reduzir estresse

Veja abaixo, 7 dicas para reduzir o estresse:

1 – Não leve as coisas sempre para o lado pessoal – Faça um exercício e tente se distanciar dos problemas. Nunca questione sua capacidade ou valor diante das dificuldades. Desafios, críticas negativas e falhas fazem parte da vida em todas as áreas, sem que você seja culpado dessas situações.

Continue lendo

Entrevista para Portal Arca Universal

palestrante Carlos Hilsdorf

Com um vasto currículo como palestrante no Brasil e em outros países, como Alemanha e México, Carlos Hildorf é especialista em tudo que está ligado a atitudes no ambiente de trabalho e relacionamentos. Em conversa com o Portal Arca Universal, o profissional dá dicas bastante interessantes de como agir.

Confira a entrevista a seguir:

Continue lendo