DOWNLOADS

*campos obrigatórios

Para iniciar o download de material exclusivo, preencha com seus dados:

CONTATO

*campos obrigatórios

Entre em contato conosco e supere suas expectativas:

CONTRATE

*campos obrigatórios

Formulário:

Verifique a disponibilidade de agenda para contar com a presença de
Carlos Hilsdorf em seu evento.
Torne seu evento único!

Preencha o formulário ao lado.

+55 16 3374.3839

Rua Sete de Setembro, 1353, Centro
CEP: 12560-180 São Carlos - SP

Blog

Arquivos da categoria: sucesso

O sucesso é uma ótima maneira de fazer inimigos

inveja-sucesso

Se você é do tipo de pessoa que se alegra de nunca ter tido inimigos, experimente fazer mais sucesso…

À medida que você faz mais sucesso, seu destaque é mais evidente e mais amplo, por isso, de onde você menos espera surgirão inimigos espontâneos.

Você não precisa fazer nada para despertar a ira destas pessoas, basta existir!

É que, na cabeça delas, você está ocupando, inadvertidamente, um lugar que deveria pertencer a elas ou somente a elas!

Estas pessoas, de maneira doentia, acham que o seu sucesso “rouba” algo que, por razões ilusórias que somente elas conhecem, deveria ser um patrimônio exclusivo delas.

Estas pessoas se incomodarão com você ao extremo. Farão tudo o que puderem para criar obstáculos no seu caminho e impedir o seu crescimento.

Muitos supostos amigos das fases difíceis, época em que, por emprestar o ombro, se sentiam superiores a você, o abandonarão quando você fizer muito sucesso. Este tipo de pessoa gosta de oferecer o ombro quando você está mal, mas se sentem ofuscadas quando você brilha, são pessoas sem brilho próprio!

Não seja ingênuo acreditando em demasia em seres humanos que você não conhece em profundidade.

O pior inimigo é o que vem disfarçado de amigo!

Use o sucesso para fazer amigos. Parece contraditório falar em utilizar o sucesso para fazer amigos, se acabamos de dizer que ele é uma excelente maneira de ganhar inimigos espontâneos.

Acontece que o sucesso separa o joio do trigo em três partes:

1)      Mostra quem são as pessoas que não suportam o seu sucesso e o brilho da sua luz, e por inveja, farão tudo para prejudicá-lo (embora o copiem o tempo todo – irônico, não?)

2)      Ensina que, depois que você faz sucesso, muitas pessoas que nunca se interessaram por você passam tratá-lo como se fossem amigos de infância. Pessoas interesseiras desejosas de aproveitarem os frutos das suas conquistas.

3)      Evidencia quem são os verdadeiros amigos, aqueles que se alegram com a sua prosperidade e o seu sucesso e, estarão sempre disponíveis para ouvi-lo, dar conselhos e fazer críticas sinceras, sempre sem interesse oculto. Estes amigos são movidos pela nobreza da amizade, por quererem sempre o seu bem.

Utilize o sucesso para fazer novos amigos, pessoas que não possam obter nada que você não pudesse oferecer antes do sucesso. Procure fazer amigos que, de maneira ética, também fazem sucesso.

Procure conhecer pessoas ricas em espírito. Pessoas que estão felizes em encontrar pessoas empreendedoras como elas, que venceram todos os desafios e se alegram em conhecer alguém que fez o mesmo trajeto.

Estas pessoas estarão dispostas a te ajudar desinteressadamente e receberão de você o mesmo carinho. Ambos sabem o quanto o apoio é bem vindo. Sabem quantos falsos amigos surgiram pelo caminho e quantos amigos interesseiros aparecem todos os dias!

Estas pessoas saberão valorizar uma verdadeira amizade.

O sucesso te permitirá fazer excelentes amigos se você considerar os itens que tratamos acima.

Lembre-se, reconhece-se a grandeza de uma pessoa pela maneira que ela trata as pessoas que não podem lhe dar nada em troca.

Observe como seus amigos e “amigos” tratam as pessoas de quem não podem obter nada, às vezes, nem sequer um sorriso.

Uma vida sem verdadeiros amigos não é vida, é uma prisão solitária.

Que seus amigos sejam poucos, se necessário for, mas que sejam bons!

Carlos Hilsdorf
Economista, pós-graduado em Marketing pela FGV, consultor e pesquisador do comportamento humano. Considerado um dos melhores palestrantes do Brasil na atualidade. Palestrante dos Congressos Mundiais de Administração (Alemanha e Itália) e do Fórum Internacional de Administração (México). Autor dos best sellers Atitudes Vencedoras, apontado como uma das 5 melhores obras do gênero, 51 Atitudes Essenciais para Vencer na Vida e na Carreira, Revolucione Seus Negócios e do lançamento Atitudes Empreendedoras. Referência nacional em desenvolvimento humano.

Não acredite no fracasso

fracasso

A vida não é feita somente de vitórias. E os fracassos não são tão ruins, basta não dar a eles mais importância do que possuem!

Se você estiver vivendo plenamente (viver plenamente inclui assumir riscos responsáveis) é bem provável que você fracasse algumas vezes. Isso é normal e positivo. Sim, é normal, pois fracassar é parte do processo de aprendizagem. Thomas Edison fez inúmeras tentativas em que fracassou até conseguir inventar a lâmpada elétrica. Perguntado sobre suas falhas, ele respondeu: “Apenas descobri inúmeros caminhos que não serviam ao meu propósito, mas sem percorrê-los não chegaria ao meu êxito!”.

A vitória é uma tentativa que deu certo, as demais foram um ensaio necessário. Quem não ensaia, não estréia!

Fracassar é também positivo porque lhe impede de contrair a doentia ideia de infalibilidade. Todas as pessoas que não querem falhar nunca, além de falharem com mais frequência, sentirão dores muito mais profundas a cada falha.

A maior parte dos fracassos advém de tentativas de acerto e, portanto, são nobres, não pobres!

A pobreza não reside no fracasso, mas em considerá-lo definitivo. Um fracasso somente será definitivo se você desistir de tentar novamente. Então a conclusão é simples – na vida, nunca desista do que vale realmente a pena, só desista daquilo que não vale. A sabedoria está em saber a diferença.

E esta diferença é facilmente percebida com o passar do tempo.

Se você desistir do que vale a pena encontrará fracasso e tristeza duradouros. Se você persistir no que vale a pena, encontrará sucesso e felicidade verdadeiros.

E ainda, se você insistir no que não vale a pena, encontrará sofrimento, mas se desistir encontrará alívio.

Não fuja do fracasso, apenas dedique-se ao sucesso! Na vida, fugir é uma ilusão, suas questões interiores irão com você aonde você for.

Se você fracassou, aproveite a lição contida no fracasso: a oportunidade de aprender e recomeçar com mais experiência!

O fracasso não é uma condenação, é uma parada para reflexão. Os aviadores se preparam para arremeter (subir rapidamente) em todo e qualquer pouso. Podemos dizer “brincando” que um pouso é uma arremetida que “fracassou”…

Esteja preparado para arremeter sempre que perceber que não vai pousar com sucesso…

Levante! Tente outra vez. Tente diferente. Tente com mais intensidade. Tente o que ainda não tentou!

Todas as pessoas de sucesso devem muito mais a seus fracassos que a qualquer outro estímulo em suas vidas!

Não se coloque na posição de vítima rotulando-se de fracassado. A maioria dos cantores de sucesso que você admira, receberam dezenas de “portas na cara” antes que você pudesse ouvi-los no rádio ou na TV. Muitos dos maiores escritores do mundo tiveram seus originais  rejeitados por editores que não compreenderam o conteúdo que tinham nas mãos.

Muitas vezes o fracasso de alguém é apenas a incapacidade dos outros de perceberem uma ideia, um comportamento, um talento ou um valor muito à frente deles mesmos.

Se você estiver à frente de seus amigos, de sua família, de sua empresa e/ou do seu tempo, poderá ser visto como um fracassado quando, na verdade, eles é que fracassaram em compreender você!

O fracasso não existe… A não ser para aqueles que se culpam por terem tentando, sem obter êxito e, numa atitude covarde, desistem de tentar outra vez!

Não devemos ser reféns do medo, mas se você tiver que cultivar algum, cultive o medo de ser covarde! Seja corajoso! Corajoso não é que não sente medo. É quem avança apesar do medo.

Fracasso significa apenas: hora de reavaliar e redesenhar o caminho.

O fracasso é algo natural. Se você nunca fracassou preocupe-se! Você deve estar tentando pouco e inovado quase nada.

Se você fracassou muitas vezes, por razões muito semelhantes, observe se há um fator comum a ser corrigido nos fracassos recorrentes, algo que você não ainda aprendeu das vezes anteriores.

Se você aprendeu e aprende muito com seus fracassos, bem vindo e bem vinda ao seleto grupo de homens e mulheres que fazem a diferença no mundo!

Assim como não existe um romance sem lágrimas, a vida também não é feita só de vitórias, se fosse, não haveria mérito algum.

Enquanto você ensaia para o sucesso deixe que os fracos acreditem que fracassaram, mas a todos que você encontrar pelo caminho, seja generoso e explique:

- Acorde! Se você chegou até aqui, pode ir mais longe! – Levante-se e siga!

Carlos Hilsdorf
Economista, pós-graduado em Marketing pela FGV, consultor e pesquisador do comportamento humano. Considerado um dos melhores palestrantes do Brasil na atualidade. Palestrante dos Congressos Mundiais de Administração (Alemanha e Itália) e do Fórum Internacional de Administração (México). Autor dos best sellers Atitudes Vencedoras, apontado como uma das 5 melhores obras do gênero, 51 Atitudes Essenciais para Vencer na Vida e na Carreira, Revolucione Seus Negócios e do lançamento Atitudes Empreendedoras. Referência nacional em desenvolvimento humano.