DOWNLOADS

*campos obrigatórios

Para iniciar o download de material exclusivo, preencha com seus dados:

CONTATO

*campos obrigatórios

Entre em contato conosco e supere suas expectativas:

CONTRATE

*campos obrigatórios

Formulário:

Verifique a disponibilidade de agenda para contar com a presença de
Carlos Hilsdorf em seu evento.
Torne seu evento único!

Preencha o formulário ao lado.

+55 16 3374.3839

Rua Sete de Setembro, 1353, Centro
CEP: 12560-180 São Carlos - SP

Artigos

Tempos Muito Modernos

Se Charles Chaplin resolvesse regravar hoje um de seus clássicos, com certeza o batizaria Tempos Muito Modernos.
 
Continuaria o protagonista, hoje um ''workaholic'', preso nos meandros de um sistema produtivo alucinante que na ânsia da sua reprodução apropria-se do tempo e das vidas das pessoas, fato que hoje ocorre em proporção muito maior que em seu clássico. Afinal, não há como duvidar que hoje trabalhamos mais horas e com uma produtividade/hora incrivelmente superior.
 
A tecnologia, ao facilitar os processos, permitiu realizá-los em maior quantidade por unidade de tempo. A portabilidade das informações e documentos nos compelem a levá-los para casa e adiantar os procedimentos na dupla fase da nossa jornada. Isso sem considerar o esforço adicional dos MBAs e pós-graduações na ordem do dia que invadem nossa privacidade atingindo a já bastante comprometida vida familiar e afetiva. Premissas dos tempos muito modernos...
 
Cerca de 70% dos profissionais empregados nos ''tempos muito modernos'' estão se dedicando a uma outra atividade que não a de sua formação acadêmica, em uma época onde existe trabalho, mas, falta emprego. Fatores como terceirizações, leis trabalhistas prá lá de anacrônicas e as particularidades de um mundo onde as relações tendem a ser mais entre CNPJs que entre CPFs, transferem o emprego da esfera da demanda para a oferta, ou seja, institucionalizam a oferta de competências, talentos, conhecimentos.
 
Nada disso surpreendeu aos profissionais de RH que participaram diretamente da preconização desta época por estarem efetivamente ligados pela leitura e participação em eventos onde os cenários e as tendências das relações humanas e suas correlações com o universo corporativo e social são sempre amplamente discutidas.
 
Todas as mudanças que ocorreram no mundo recente tornarão cada vez mais significativo o papel do RH na era atual. As grandes questões com relação ao emprego não serão discutidas pelas políticas públicas, mas pelas privadas, que terão o desafio de encontrar uma maneira de conciliar os anseios da alma humana pela autorrealização com os da máquina produtiva e sua perpetuação e crescimento. A tecnologia faz pelo mundo uma nova ''revolução industrial'', com a diferença que as anteriores retiravam do trabalhador seus meios de produção e a atual depende fundamentalmente dos trabalhadores do conhecimento, de algo que não lhes pode ser tirado sem a falência do sistema. O poder começa lentamente a migrar de volta para as pessoas e seus talentos. De agora em diante, compreender que as pessoas são fundamentais não é apenas uma questão de humanismo empresarial, mas, de sobrevivência dos negócios.
 
Em um mundo onde falta emprego e onde o conhecimento torna-se principal força produtiva, talento é moeda forte! Cada trabalhador do conhecimento torna-se um empreendedor e um empresário de seu próprio capital intelectual. O futuro pertence ao melhores! Esteja entre eles!

Carlos Hilsdorf
Economista, pós-graduado em Marketing pela FGV, consultor e pesquisador do comportamento humano. Considerado um dos melhores palestrantes do Brasil na atualidade. Palestrante dos Congressos Mundiais de Administração (Alemanha e Itália) e do Fórum Internacional de Administração (México). Autor dos best sellers Atitudes Vencedoras, apontado como uma das 5 melhores obras do gênero, 51 Atitudes Essenciais para Vencer na Vida e na Carreira, e Revolucione Seus Negócios. Referência nacional em desenvolvimento humano.

LOJA

- CONHECIMENTO NÃO TEM PREÇO! INVISTA EM VOCÊ!