DOWNLOADS

*campos obrigatórios

Para iniciar o download de material exclusivo, preencha com seus dados:

CONTATO

*campos obrigatórios

Entre em contato conosco e supere suas expectativas:

CONTRATE

*campos obrigatórios

Formulário:

Verifique a disponibilidade de agenda para contar com a presença de
Carlos Hilsdorf em seu evento.
Torne seu evento único!

Preencha o formulário ao lado.

+55 16 3374.3839

Rua Sete de Setembro, 1353, Centro
CEP: 12560-180 São Carlos - SP

Notícias

Entrevista Carlos Hilsdorf - Metas, Objetivos, Felicidade e Realização

Por Assessoria de Imprensa em 06-12-2016


 
Associação Comercial e Industrial de Nova Lima: Qual a importância de se ter uma meta, um plano, saber onde queremos chegar, de fato?
 
Carlos Hilsdorf: Meta, plano e objetivos são três coisas diferentes. O objetivo é onde você quer efetivamente chegar, suas metas são quantificações de resultados que precisam ser atingidos para concretizar o objetivo e seu plano é a organização das ideias, conceitos e ações que precisam ser executadas para atingir as metas e realizar seu objetivo.
Há um antigo ditado que propõe: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho é bom!” Definir claramente nosso objetivo é a única maneira de estipular nossas metas e planejar nosso trajeto.
Nosso objetivo pode mudar ao longo do caminho, mas na partida, quando tratamos de projetos concretos, precisamos defini-lo. Os pés sempre apontam para onde estamos indo.
O objetivo deixa claro o horizonte, teremos que definir a trilha e a maneira de saber se estamos nos aproximando deste horizonte e a que velocidade. Aqui entram as metas que podem ser definidas como quantificações dos nossos avanços no tempo. Se meu planejamento pressupõe caminhar 120 km em três dias, estabelecendo metas eu saberei durante cada um dos dias, quanto já caminhei e quanto ainda preciso caminhar, se minha marcha está em uma velocidade compatível com o objetivo e se minha direção e sentido estão corretos. A meta é o GPS que indica nossa posição relativa.
Embora seja possível chegar a lugares não previstos quando caminhamos rumo a um determinado destino (já que podemos descobrir novos interesses e até novos caminhos), não chegaremos a lugar algum sem traçar um norte, ainda que provisório. Nós não planejamos para adivinhar o futuro, mas para criar um!
 
 
ACISNL: O que realmente realiza o homem, na sua opinião?
 
CH: Embora existam vários tipos de "remunerações psicológicas” que simbolizam microrrealizações importantes, quando falamos do que realiza o ser humano, temos que falar de autorrealização.
Autorrealização, embora possa receber e se beneficiar de estímulos externos, é um fenômeno interior e está profundamente ligado com o sentido maior da existência.
Desta forma o que realiza um ser humano é perceber que está vivendo plenamente a experiência da vida em um processo de expansão da sua consciência e melhor utilização de seus múltiplos potenciais.
 

ACISNL: Como se manter motivado, mesmo depois de anos de trabalho? Existe uma receita do entusiasmo? Qual?
 
CH: Esta é uma pergunta curiosa. O entusiasmo é a natureza humana por excelência, precisamos perguntar o que nos faz contrariar esta natureza e permitir que ocorra uma perda de entusiasmo. Observe as crianças, elas estão naturalmente motivadas e entusiasmadas. Todo e qualquer estímulo as coloca em movimento, seguem a sua natureza…
Da adolescência em diante ocorrem uma série de mudanças, desde as neurológicas até as econômico/sociais que estabelecem "motivações adquiridas” que nem sempre correspondem aos reais anseios naturais de cada indivíduo. Este processo de adaptação e aceitação dos inexoráveis níveis de restrições e frustrações de uma vida modelada de fora para dentro é um processo com o qual nem todos lidam muito bem. Pós adolescência experimentamos um nível de responsabilidades e demandas sociais /profissionais crescente e a vida corre o risco de parecer menos lúdica e prazerosa, os que sucumbem a este debate sem desenvolver seus próprios mecanismos de ativação do sistema interno de recompensa, tornam-se desmotivados e depressivos.
A receita do entusiasmo, se é que devemos colocar as coisas nestes termos, consiste em um equilíbrio dinâmico entre expectativas e realidade e uma disposição estóica diante dos desafios inerentes ao ato de viver, considerando o quanto são ricos e cheios de possibilidades. Para quem desenvolve (isto se aprende) o prazo em aprender, mesmo as matérias mais difíceis são profundamente convidativas e até estimulantes. O prazer da autossuperação e da solução de problemas é inerente ao cérebro e à psique humanas, podemos reaprender a utiliza-los a nosso favor a qualquer momento.
 
 
ACISNL: Como um líder pode fazer para manter sua equipe motivada?
 
CH: Dispondo-se a servir a sua equipe e não servir-se dela. Um bom líder deve conhecer bem seus liderados e dedicar-se verdadeiramente, em ajudá-los vencer, permitindo que cada um de o melhor de si e favor de todos. Ele comemora os acertos e corrige os equívocos sempre em posição de respeito, tolerância, compreensão e serviço. Nada de autoritarismo ou ranços de uma época de chefia autocrática e hierarquizada. As relações devem ser baseadas em admiração e respeito.
 
 
ACISNL: Porque temos tanto medo de errar? Como lidar com as frustrações?
 
CH: Grande parte do medo de errar é uma herança dos maus tratos à nossa autoestima e resquícios de um sistema de educação punitivo ao qual a maioria de nós foi submetido e que desvaloriza as tentativas que não são acompanhadas do que se convenciona chamar de acerto.
Lidar com frustrações é um aprendizado fruto do processo de amadurecimento emocional. Quanto mais madura emocionalmente é uma pessoa maior é a sua resiliência (capacidade de lidar com as frustrações e retornar ao equilíbrio). Encarar frustrações com naturalidade equivale a uma visão realista da vida e nos permite melhores condições emocionais para evoluir. Vale lembrar que há dois tipos de frustração: as que são fruto de uma expectativa irrealista e as que são fruto da nossa deficiência de atitude diante do que é possível realizar. Com cada uma delas precisamos lidar de maneira diferente.
 
 
ACISNL: O que realmente faz um profissional feliz?
 
CH: Um profissional feliz é uma pessoa que encontrou no ambiente de trabalho os desafios capazes mantê-lo interessado associado às condições necessárias (não precisam ser ideais) para sentir-se bem como ser humano, especialmente: respeito e reconhecimento. A estas características básicas, associam-se todas as outras particularidades que agregam qualidade de vida no trabalho que são responsabilidade dos empregadores. Veja, nossa qualidade de vida é responsabilidade nossa, mas as condições para a qualidade de vida no trabalho são responsabilidade de nossos contratantes com a nossa colaboração e participação ativa.
 

ACISNL: Fale sobre as características profissionais mais valorizadas pelo mercado atualmente.
 
CH: Ano a ano a lista de características desejáveis em um profissional vai se ampliando em função do dinamismo da competitividade e demanda por novas competências de mercado. São muito importantes no momento atual:
  1. Bom caráter e postura ética.
  2. Capacidade de interagir e gerar resultados em contato com profissionais de diferentes gerações.
  3. Capacidade de execução diante de momentos tensos e turbulentos.
  4. Transitar bem por diferentes áreas de negócios (vendas, marketing, contabilidade, administração, etc).
 
ACISNL: Como se tornar um empreendedor de sucesso?
 
CH: Bom, esta pergunta mereceu todo um livro. Acaba de chegar às livrarias meu mais novo livro “Atitudes Empreendedoras - Como transformar sonhos em realidade e fazer seu projeto de vida acontecer". Nele abordo com o critério e carinho necessários todos os aspectos do desenvolvimento do comportamento empreendedor. Empreendedorismo se aprende e se desenvolve. Ao contrário do que muitos imaginam, não nascemos empreendedores e não são somente pessoas com determinadas características de personalidade ou dons que se tornam empreendedores.
Empreendedores são pessoas comuns que aprendem uma maneira de reagir diante das dificuldades que os separam da realização de seus sonhos. No livro trato com carinho e profundidade de todos estes detalhes. Fica a dica!
 

ACISNL: Deixe uma mensagem a seu critério.

CH: Estamos vivendo um momento de retração econômica que gera incerteza e medo, é natural. O que não devemos encarar como natural é uma apatia de quem teme e não reage. O aspecto paralisante do medo é sempre seu aspecto mais perigoso, desde os primórdios da humanidade.
Quando o jogo está difícil, precisamos de uma estratégia melhor e jogar muito mais. Este é o momento, nada de desespero, precipitação ou paralisação. Organize seu pensamento, organize seu negócio e prepare-se para ter sempre o melhor resultado possível, sejam quais forem as circunstâncias. Reinvente seu mix de produtos e serviços, equalize seus custos, motive sua equipe e faça com que cada dia seja melhor que o anterior em sua maneira de encarar a vida. Lembre-se que na vida, assim como no cinema, a sombra do monstro é sempre maior que o próprio monstro e que, se baixarmos o volume, não assusta nem o canário na janela.
Os próximos 18 meses requerem de nós foco, concentração, energia e atitude empreendedora para fazer as coisas acontecerem! Todos temos que enfrentar o mesmo cenário atual, alguns o farão no clima de bom combate, outros paralisados em crise de medo. Crise é o que acontece quando você deixa as circunstâncias vencerem. Enquanto isto não acontece estamos travando o Bom Combate e as chances estão a nosso favor.
Somos maiores que quaisquer obstáculos que a vida possa colocar à nossa frente, desde que não fiquemos paralisados pelo medo.
Exponha a realidade, ajuste a estratégia, elimine o medo, mantenha a proximidade com sua equipe e ajude seus clientes a tomarem as melhores decisões, contagiando-os para avançar e construir uma melhor versão do futuro.
Nunca se aconselhe com seus medos, sempre é possível vencer!
 

Carlos Hilsdorf é escritor, consultor e palestrante. Autor de diversos best sellers e do lançamento Atitudes Empreendedoras. Milhões de pessoas são impactadas todos os dias com seus posts nas redes sociais que conta com mais de Um Milhão e Seiscentos Mil seguidores diretos.

LOJA

- CONHECIMENTO NÃO TEM PREÇO! INVISTA EM VOCÊ!